full
border
#666666
http://prevedelloodontologia.com.br/site/wp-content/themes/zap-installable/
http://prevedelloodontologia.com.br/
#5db8a7
style1

Archive for the ‘Dicas’ Category

31
jan

preve_labios

Os lábios são uma área muito delicada e devem ser bem cuidados. Em dias frios ou muito quentes, os lábios tendem a ficar ressecados, porém um batom de qualidade ou hidratante labial já resolvem o problema. No entanto, quando aparecem rachaduras ou descamações, é sinal de falta de hidratação, tendo que melhorar os hábitos alimentares e associar um tratamento tópico. Dica de produtos: Bepantol Derma, Ceralip e Lábios de Seda (Mary Kay)!

Dicas para manter seus lábios de seda:
beba muita água: a hidratação é de dentro para fora. Aplicar água diretamente nos lábios não o hidrata;

– evitar umedecê-los com a saliva: a saliva é ótima para a proteção dos dentes, porém contém muitas enzimas, o que aumenta a sensação de ressecamento;

– usar protetor labial: protegem dos raios nocivos à saúde e mantém a hidratação, principalmente por conter em sua composição vitamina E e manteigas hidratantes;

– atentar ao prazo de validade dos batons: se estiverem vencidos podem provocar alergias e ressecamento. Além disso, é importante não compartilhar o batom pois existem bactérias, fungos e vírus que podem ser transmitidos, como o vírus do Herpes labial;

– não mordiscar o lábio nem arrancar a pele ressecada: o trauma contínuo pode acarretar no desenvolvimento de tumores e puxar as peles ressecadas podem causar fissuras e sangramento.

05
nov

parceria

A clínica Prevedello realiza parcerias com empresas e instituições que se importam com a saúde e bem estar de seus colaboradores. Oferecemos tratamentos de alto nível em todas as áreas da odontologia, com condições especiais de pagamento, além da flexibilidade de horários e atendimento de emergências.

Nossos principais parceiros:

  • Associação dos Magistrados do Paraná (AMAPAR)
  • Associação dos Assessores Jurídicos do Poder Judiciário do Paraná (ASSEJUR)
  • Associação Paranaense dos Juízes Federais (APAJUFE)

Se você faz parte do quadro de associados, venha nos conhecer! Será um prazer atendê-lo.

Se tem uma empresa e deseja fazer uma parceria, entre em contato conosco.

 

31
out

Escovas

A maioria dos dentistas concorda que a troca da escova dental deve ocorrer a cada 3 meses. Estudos mostram que, após este tempo de uso, as escovas são menos eficientes na remoção da placa bacteriana dos dentes em comparação a escovas novas. Além disso, há a proliferação bacteriana nas cerdas.

Dicas para preservar sua escova dental e sua saúde:
– certifique-se de deixá-la secar completamente entre um uso e outro;
– agite vigorosamente em água após utilizar;
– guarde-a sempre em pé;
– não acondicionar em caixinhas sem ventilação;
– não compartilhar com outras pessoas.

Qual a melhor escova?

Qualquer uma desde que seja macia ou extra macia, tenha cabeça pequena e cerdas arredondadas.

20
set

image1-1

A cárie não é culpa exclusiva do consumo de açúcar e sim do consumo inadequado dele. O melhor é postergar ao máximo o contato entre os doces e as crianças, mas, depois que o pediatra ou nutricionista considerarem aceitável do ponto de vista nutricional, se consumido de forma adequada e consciente não causará cáries.

Consumir doces de forma fracionada durante o dia, vários dias seguidos e sem escovação é o que propicia o desenvolvimento da doença. A cárie não é causada em um final de semana e sim de 2ª a 6ª por “beliscadas” de doces, em média 2 a 3x, entre as refeições principais. Por isso, pode permitir sem culpa que seu filho se esbalde de doces esporadicamente.

29
ago

 

tabaco

É verdade que o uso crônico do tabaco, seja mascado ou na forma de cigarros e charutos, é fator de risco para diversas doenças, dentre elas o câncer bucal. Outros efeitos orais do tabagismo são manchas nos dentes, escurecimento das gengivas, mal hálito, diminuição da produção salivar, alteração no paladar e doença periodontal, além de prejudicar a cicatrização de feridas e a osseointegração de implantes. No caso de lesões cancerígenas, nem sempre é possível diagnosticar os sintomas no início, por isso é importante consultas regulares com profissionais qualificados e o auto exame.

O melhor tratamento é a suspensão do uso do tabaco e prevenção.

18
ago

image3

Se as malas já estão prontas, aproveite para fazer um check up odontológico antes de embarcar, pois durante o voo pode ocorrer um quadro agudo de dor e estragar a viagem! Esse fenômeno é chamado de barodontalgia.

A barodontalgia é uma dor de dente decorrente da mudança na pressão atmosférica, sendo mais comum acontecer em voos e mergulhos. No avião há menos pressão atmosférica, baixa quantidade de oxigênio disponível, baixa umidade do ar e baixas temperaturas. “Essas variações podem agravar possíveis problemas já existentes na polpa do dente, provocando dores de variadas intensidades, que podem piorar durante a mastigação ou ingestão de alimentos quentes ou gelados”, informa o odontopediatra da Topdent, José Eduardo de Oliveira Lima, professor da FOB – Faculdade de Odontologia de Bauru – USP.

Para não haver problemas durante a viagem, é recomendável passar por uma avaliação odontológica prévia (check up). A prevenção é a melhor alternativa, mas caso o quadro de dor se instale, o recomendado é tomar um analgésico para diminuir a dor, de quatro em quatro horas, até chegar em um local que preste atendimento.

default
Loading posts...
link
#5C5C5C
on
loading
off